Maria João Worm


Tenho o chão cheio de rascunhos e nem gosto deste modo afectado de escrever
12 Março 2013, 12:03 am
Filed under: Uncategorized

rascunhos

Não queria ter o que me podem cobiçar, queria apenas ter a casa cheia de objectos invisíveis e nas paredes quadros por pintar.

De dia para dia tudo o que tenho partido ou perdido ganha a escala exacta da  ausência.

Permaneço com alguma estupidez, mas embora não me reconforte esta consciência, o meu atraso, faz-me ser lenta e dá-me  tempo .

O que não sei se virei a saber,  seja lá em que momento iluminado possa ainda aceder,

é a doença da lesma que se arrasta, mesmo que esteja dentro de um comboio.

É nas lagoas estagnadas dos desenhos

que nunca soube ver

que vai ficando o tempo  surpreendido.

Não sei se ler para dentro consegue ser a escrita  das palavras.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: